.
.

RG LEVEL UP

Postado por Level Up Bmx quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Nome: Einstein Garzon
Apelido? [rs a Level Up sabe, mas ele não quer falar]
Idade: 19 anos
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Local de onde? Bareiro Park (BH)

[Level Up] Como e quando começou sua história com a bike (quem ou o que influenciou)?
[Einstein] Eu sempre quis ter uma aro 20, sempre gostei de manbras de bike. Quando tinha 13 anos, finalmente meu pai me deu uma bike, aro 20, do jeito que eu queria (era uma ProX modelo 2003, 2004 bem bacana pra época - é essa da foto, rs). Comecei a andar só na rua de casa, dava uns pulinhos - nada de manobras - depois de um certo tempo comecei a jogar Matt Hoffman Pro BMX, logo comecei a imitar os pilotos do joguinho - jogava uns barspin muito cabuloso, mas tava valendo.
Acontece que roubaram minha bike, e deixei tudo pra lá por um bom tempo. Daí quando consegui meu primeiro emprego (tinha uns 17 amos na época, há uns 2 anos atrás) um colega ia trabalhar com uma bike - aro 20! Lembrei de tudo e senti vontade de andar de bike de novo. Comecei andando na bike do cara direto depois do trampo, ele me apresentou para o resto da galera que curtia dar um role de bike com ele, daí comecei a conhecer o pessoal e depois de um tempo já estava montando minha própria bike.

[Level Up] Qual o piloto que, inicialmente te inspirou e por quê?
[Einstein] Cory Nastazio e Mike Escamilla (rs - acho que muitos de nós!) e a leva toda do joguinho do Matt Hoffman Pro BMX!

[Level Up] Alguém que te anima para o role:
[Einstein] Gosto de andar com pessoas que eu curto, nunca fui "agarrado" nas pessoas. Pode ser qualquer um, um cara de outra modalidade (skate, patins..), um cara que tá começando a dar rolé de bike agora, não importa, desde que eu me sinta bem com a pessoa, é isso. O que me dá forças realmente é DEUS, porque é Ele que permite que eu vá dar meu rolé, que eu tenha forças pra puxar minha bike.. que eu respire, ele é O Cara!... Muitas vezes gosto de dar rolé sozinho, nunca dependi de ninguém pra me animar a andar de bike, ando quando estou animado. Acho legal a galera junta e tals, mas EU ando pelo fato de EU gostar de bike, só isso; nunca gostei de ficar mostrando rolé para os outros, acho isso uma grande besteira, coisa de gente que não sabe se realmente gosta do que faz. O que me move pra andar de bike é minha paixão pelo esporte, e, como eu já disse: DEUS! As oportunidades vão aparecendo à medida que você tá preparado pra agarra-las, não pelo tanto de vez que você tenta provar as coisas para os outros.

[Level Up] Uma frase que define seu momento:
[Einstein] Sua cabeça é seu guia, e, como diz o D2: 'num vô abaixar a cabeça pra nenhum filha da p¨#*!*@¨'

[Level Up] Um vídeo que você recomenda:
video
[Einstein] Nathan Williams - Props 68. Posso outro?
[Level Up] Rs, só mais um! rsrsrs
video
[Einstein] Rsrsrs, o do Garrett Reynolds Nike 6.0 é muuuuuito style!
[Level Up] Uma banda pra dar rolé:
[Einstein] Manowar, Iron Maden, Misfits.. são tantas!

[Level Up] Como você enxerga a evolução do cenário BMX de Belo Horizonte - aumentou o nível dos pilotos? - e as pistas, como estão em relação à infra-estrutura?

[Einstein] A verdade é que ainda temos MUITO (com letra maiúscula) para conquistar. Eu sinto que os atletas tem vontade de andar, mas ao mesmo tempo, quem tem realmente se destaca acaba não ficando por aqui justamente porque a infra-estrutura é mínima para servir atletas num nível superior. E isso tem atrapalhado bastante o desenvolvimento da cena BMX aqui. Os atletas mais profissionais elevam o nível da cidade, e, se eles estão presentes servem de exemplo para os outros que estão na cena ou começando (é assim que é!). Temos um grande problema por exemplo quanto ao programa da PBH (Prefeitura de Belo Horizonte) "Cidade Radical" que, se não me engano, prometeu a construção de 3 pistas de esportes radicais (com finalidade de atender a essas carências de infra-estrutura dos parks). O projeto da PBH inclui as três modalidades de esportes que andam nos parks: skate, patins e bike, mas, já na inalguração da primeira obra, no Parque das Mangabeiras (uma das melhores pistas do Estado de Minas Gerais, hoje), simplesmente fomos proibidos de usufruir do benefício porque a pista se encontra dentro de um Parque (e é proibido a entrada de bikes dentros dos parques de BH - segundo o Estatuto dos Parques BH). Isso desanima a galera, dá uma senssação de exclusão. Eu me senti excluído, e acredito que todos os bikers de BH também. Cá pra nós, quem garante que os dois outros projetos do "Cidade Radical" (que ainda não foram entregues a população) não vão excluir os bikers também? É disso que estou falando. Ainda há muito o que conquistar principalmente com relação a obras.

[Level Up] Falando um pouco sobre seu momento atual, agora você é um "filinho" da Level Up (rs). O que siginifica a equipe pra você:
[Einstein] Fiquei muito feliz pelo convite porque a Level Up é como minha família, é a galera que eu curto, são as pessoas que me fazem bem - boas vibrações!

[Level Up] Quais são suas expectativas quanto a Level Up?
[Einstein] Acredito muito neste trabalho primeiramente porque conheço muito bem as pessoas que estão na frente e tenho um histórico realmente positivo delas [rs - de vocês!]. Gosto da idéia de poder fazer parte da primeira leva de pilotos da Level Up. A família ainda é pequena, espero uma boa evolução e, mais que isso, espero acrescentar muito para o crescimento da equipe!

"A Novela BMX de BH"

Confira a matéria

Lucero - Coletânea

Especial Lucero aqui!

Guns 'n Roses em Março

Em Março o Guns se apresentará em cinco capitais brasileiras, vale a pena!

RG Level Up

Entrevista exclusiva com Einstein Garzon da Level Up!

Bmx Brasil

Videos e DVDs BMX BRASIL